Agenda

Ju Moraes participa do Samba na Varanda

Ju Moraes (1)
Alma Baiana
Escrito por Alma Baiana

A cantora Ju Moraes é a convidada de Edil Pacheco na 5ª edição do projeto Samba na Varanda, que acontece neste domingo, 3 de setembro, a partir das 11h, no bar Samba na Varanda (Imbuí). Acompanhados pela banda Cor do Brasil, anfitrião e convidada vão celebrar o samba e a música brasileira interpretando clássicos dos maiores nomes do gênero.

“Edil me deixou muito livre em relação à minha participação, porque o samba tem esta coisa espontânea, do momento, então vamos sentir o clima e vamos tocar na hora para ver o que vai acontecer”, diz Ju Moraes. Mas algumas canções do repertório dela, a exemplo de Na Palma da Mão, já estão garantidas no repertório.

“Vai ser maravilhoso, Edil é uma grande figura, tenho um grande respeito pelo trabalho dele, é um movimentador cultural. O samba na Bahia é um movimento de resistência e Edil faz parte desta resistência”, reconhece a cantora.

O som começa no final da manhã e prossegue até o final da tarde (17h), num ambiente agradável que faz o público se sentir em casa. Para se ter ideia, as atrações se apresentam em torno de uma centenária mesa de madeira, com o objetivo de criar um clima intimista e aconchegante. O ambiente inclui ainda um pequeno acervo com velhos LPs, fotos e recortes de jornal que contam um pouco da história do samba na Bahia.

“Vai gente de todas as idades, de crianças a idosos”, afirma Edil Pacheco. O cantor e compositor, reconhecido como um dos maiores nomes do samba da Bahia, lembra que o hábito de se tocar samba nas manhãs de domingo é uma tradição no Rio de Janeiro. “Esse horário é bacana porque permite que as pessoas que têm compromissos mais tarde, como futebol e aniversários, possam aproveitar”.

O projeto Samba na Varanda consiste de apresentações ao vivo, com ligeiros intervalos durante os quais se executa música mecânica. A banda Cor do Brasil – formada por Du Marques (violão sete), Lasinho (banjo), Cicinho de Assis (acordeon), Esquerdinha (tamborim), André (pandeiro), Régis (surdo) e Luan Sólon (repique de mão) – esquenta o ambiente para a entrada de Edil Pacheco, e o som prossegue, entrecortado por ligeiros bate-papos. Os convidados costumam se apresentar depois do segundo intervalo, e muitas vezes o clima fica tão agradável que eles esticam sua permanência até perto do final da festa.

O repertório contempla grandes sucessos do samba de compositores da Bahia e do Brasil. Gente como Paulinho da Viola, Chico Buarque, João Bosco, Zeca Pagodinho, Jorge Aragão,  Batatinha, Ederaldo Gentil, o próprio Edil Pacheco e muitos outros. Entre as músicas mais executadas estão Ilha de Maré (de Walmir Lima), Verdade (Nelson Rufino), Samba das Moças (Roque Ferreira), O Ouro e a Madeira (Ederaldo Gentil) e De Amor é Bom (Edil Pacheco).

O Samba na Varanda é realizado uma vez por mês, sempre aos domingos, desde o mês de abril. Na primeira edição a cantora Juliana Ribeiro foi a convidada de Edil Pacheco. Nas edições seguintes se apresentaram Nelson Rufino, Zelito Miranda e Cicicinho de Assis e o maestro Fred Dantas. O couvert custa R$ 15.

 

SERVIÇO

5ª edição do Samba na Varanda

Atrações: Edil Pacheco com Ju Moraes

Quando: Domingo, 3 de setembro, às 11h

Onde: Bar Samba na Varanda (Rua Pituaçu, 21, transversal da Av. Jorge Amado, Imbuí)

Quanto: R$ 15

Informações: (71) 9 9738-0408 e (71) 9 9952-9733

 

 

Sobre o Autor

Alma Baiana

Alma Baiana

O acontece de interessante na Bahia, cultura, sociedade, arquitetura, decoração, gastronomia, moda e entretenimento. E muito mais!!

Faça um comentário