Alma de Baiano

A FÉ NA ARTE COMO CURA por Iocaã Simões*

Alma Baiana
Escrito por Alma Baiana

Tempos de pandemia são assustadores para qualquer pessoa sensata. Não há como não se debruçar sobre esta nova realidade mundial e não se colocar diante de um dos maiores desafios já impostos à humanidade, forçada a se reinventar na lógica do convívio social e usar todo o seu potencial criativo para abandonar paradigmas e reestruturar os seus mundos individuais. Neste novo contexto, profissões desaparecerão, espaços serão adaptados para evitar aglomerações e o cuidado com a higiene e a atenção aos hábitos básicos de contato físico mudarão a forma de nos relacionarmos uns com os outros.

Mas, como fica a situação de quem vivia justamente por meio da busca insana de multidões? E o papel de quem constrói a fama a partir do sucesso de público, teatros lotados, salas de cinema repletas de espectadores, auditórios cheios de ouvintes para lançamento de livros, circos iluminados e entupidos de alegrias infantis, livrarias lotadas de sonhos e poesias?

Chegou o momento da grande encruzilhada de todos nós, artistas: o que faremos e para onde iremos? Acredito que a resposta para toda esta angústia está justamente em nossas especialidades: autenticidade, persistência e verdade em nosso fazer artístico. Com dedicação e amor ao ofício, conseguiremos transformar medo em coragem, dor e angústia em alegria e alívio. A insegurança gerada pela dúvida será transformada em certeza, pois a arte já tinha previsto e antecipado ao mundo essas visões de catástrofes, dificuldade e medo.

Quem assiste a séries e filmes, lê livros, vai ao teatro, ao cinema e a um bom circo sabe que a arte sempre tocou neste assunto de mundos que são desfeitos e realidades modificadas. Cumprindo seu principal papel, de criar e ser autêntico em sua arte, todo artista, assim como os demais seres humanos, precisam se apropriar da única forma de cura para o mundo pós-pandemia: tornar-se ainda mais artista. Fé na Arte, humanidade!

* Iocaã Costa Simões é ator graduado pela UFBA, diretor Teatral, Socio proprietário da Start Studio de Arte , Produtor Cultural e Dramaturgo, que atua também como advogado, especialista em Direito do Trabalho e processo do Trabalho , possuindo especialização em mediação, conciliação e Arbitragem extrajudicial, exercendo as funções de Árbitro, Mediador, coordenar e professor do Curso de formação de mediadores do IMCA.
Contatos:
iocaa@hotmail.com
@iocaacostasimoes
www.startssa.com.br

Sobre o Autor

Alma Baiana

Alma Baiana

O que acontece de interessante na Bahia: cultura, sociedade, arquitetura, decoração, gastronomia, moda, entretenimento e muito mais!

Faça um comentário