Turistando

Barbara Chase-Riboub no Instituto Giacometti, em Paris

Alma Baiana
Escrito por Alma Baiana

O Instituto Giacometti, em Paris, com curadoria de Émilie Bouvard, apresenta até 9 de janeiro de 2022 a bela exposição Femmes Débout de Venise/Femme Noire Débout de Venise (traduzindo: “Mulheres em pé de Veneza/Mulher negra em pé de Veneza). É um diálogo entre as esculturas do franco-suíço Alberto Giacometti, falecido em 1966, e as da artista franco-americana Barbara Chase-Riboud, nascida em 1939 na Filadélfia, e que vive na Cidade Luz.

A vernissagem, em 21 de outubro, contou com a sua presença, muito aplaudida, numa coletiva à imprensa (foto da capa). Escultora, poeta e romancista, Barbara, muito jovem, encontrou-se com Giacometti em 1962, e visita o seu ateliê do bairro de Montparnasse.

Embora com percursos artísticos diferentes, a exposição destaca o diálogo nos seus pontos em comum: o trabalho da matéria, o bronze, a verticalidade das obras, a expressividade, o relevo, a fascinação pelo Egito Antigo, a paixão pela escritura, a poesia, e pelo corpo humano.

Esta é a primeira exposição da artista em Paris, desde 1974, e é imperdível para os amantes de esculturas. A produção é de Stéphanie Barbé-Sicouri e Sandra Jouffroy, com cenografia de Éric Morin.
.
.
Mais informações: www.institut-giacometti.fr.
.
.

. Por Duda Tawil, texto e foto, correspondente do Alma Baiana na França

Sobre o Autor

Alma Baiana

Alma Baiana

O que acontece de interessante na Bahia: cultura, sociedade, arquitetura, decoração, gastronomia, moda, entretenimento e muito mais!

Faça um comentário