Alma News

Empreendedorismo feminino e maternagem são temas de lives neste fim de semana

Alma Baiana
Escrito por Alma Baiana

Movimentando a rede de mulheres empreendedoras baianas, o projeto Mulheres do Paraguaçu fecha as atividades da sua terceira edição neste final de semana com dois encontros ao vivo. Na sexta-feira, 9 de abril, a artista visual Aline Brune fala sobre “Mulheres, arte e maternagem” e, no sábado, dia 10, o último encontro do projeto traz a consultora e empreendedora social Ítala Herta falando sobre “Mulheres e empreendedorismo”. As lives acontecem às 17h no instagram @mulheres_do_paragacu e serão mediadas pela diretora artística do projeto, Larissa Leão.

Com objetivo de potencializar projetos criativos e empreendedores liderados por mulheres baianas, nos campos de arte e cultura, a terceira edição do projeto Mulheres do Paraguaçu teve início em março e contou com atividades online e gratuitas. Foram duas oficinas, de Contação de Histórias para Empreendedoras e Elaboração de Projetos Criativos, além de bate-papos ao vivo sobre ativismo feminista, representatividade, patrimônio cultural, empreendedorismo entre outras pautas relacionadas ao universo feminino.

O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e do Centro de Culturas Populares e Identitárias (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

O Mulheres do Paraguaçu teve a sua primeira edição em 2018, quando levou oficinas formativas para mulheres das cidades de Cabaceiras do Paraguaçu, Maragogipe e para a vila de São Francisco do Paraguaçu – distrito de Cachoeira. Ao todo, até hoje, o projeto já beneficiou diretamente cerca de 900 pessoas, em sua maioria mulheres de diversos perfis e idades.

Foto: Mulheres do Paraguaçu, edição 2018 (divulgação)

Sobre o Autor

Alma Baiana

Alma Baiana

O que acontece de interessante na Bahia: cultura, sociedade, arquitetura, decoração, gastronomia, moda, entretenimento e muito mais!

Faça um comentário