Alma News

Mimus Mostra Acessível proporciona inclusão social com tradução em libras e audiodescrição de apresentações performáticas

Alma Baiana
Escrito por Alma Baiana

Marque na sua agenda. Nos próximos dias 5, 6 e 7/03 os artistas Deborah Moreira e George Mascarenhas farão o desdobramento do projeto Mimus Mostra com a democratização do acesso sem barreiras à arte performativa, por meio da inclusão social de três espetáculos do repertório da companhia de teatro que dirigem. Intitulada Mimus Mostra Acessível, a nova iniciativa contará com tradução em Libras e Audiodescrição das profissionais Iracema Vilaronga e Raquel Ferreira da Silveira, para as apresentações de “O Tigre” (sexta), “Refazendo Salomé” (sábado) e “MAR” (domingo), pela plataforma virtual da Mimus Companhia de Teatro, pelo YouTube (https://www.youtube.com/channel/UCV54MfZoVQEol6gGL3MSWGQ). 

O link do canal será aberto e disponibilizado gratuitamente para o público em geral e portadores de deficiências auditiva e visual, que poderão acompanhar as gravações contemplando o conteúdo original das produções teatrais, inclusive com a parceria de diversas instituições sociais. A audiodescrição tem assinatura da ACESSU – Acessibilidade Universal, com roteiro, edição e mixagem de Juniro Almeida e consultoria, revisão e locução de Iracema Vilaronga (@acessu_acessibilidadeuniversal). Já Raquel Ferreira da Silveira (Facebook: Raquel Silveira) ficou responsável pela tradução em Libras como intérprete exclusiva.

A programação inclusiva reforça as ações de acessibilidade e difusão teatral em tempos de distanciamento físico, reafirmando a vitalidade da arte e do teatro para todos, bem como sua possibilidade de inclusão. O projeto investe na continuidade do diálogo com o público e no acesso a obras teatrais que têm por base a experimentação e a renovação da linguagem teatral a partir da investigação da corporeidade e de teatralidades contemporâneas, com trocas verbais e não verbais, inspiradas no sistema da mímica corporal dramática de Etienne Decroux.

“Essa é uma movimentação importante para dar suporte à cultura, especialmente nesse momento de distanciamento físico e caráter emergencial, tendo um importante papel na saúde mental e emocional das pessoas, ativando linguagens de experimentações estéticas inclusivas no teatro online”, afirma George Mascarenhas, também professor da UFBA e representante no Brasil da WMO – World Mime Organization (Organização Mundial de Mímica).

Foto: Sora Maia

Sobre o Autor

Alma Baiana

Alma Baiana

O que acontece de interessante na Bahia: cultura, sociedade, arquitetura, decoração, gastronomia, moda, entretenimento e muito mais!

Faça um comentário