Alma Perfumada

Que cheiro tem?

Alma Baiana
Escrito por Alma Baiana

Que cheiro tem?

Por ROBERTO PIRES (@robertobobpires)

A anosmia, que é a perda do olfato, tornou-se mais conhecida há pouco tempo por causa da Covid-19. Mais de 80% dos pacientes manifestam o sintoma, segundo estudos clínicos. Essa sequela inesperada da pandemia destacou a importância do sentido e a falta que ele faz no nosso dia a dia, não apenas por seu desempenho fisiológico mas também pelo aspecto afetivo.

Foi a ausência da percepção de cheiros que mobilizou O Boticário a criar uma solução baseada em dois dos principais pilares de atuação da marca de perfumaria e cosméticos nas redes sociais: a conexão com a comunidade e a promoção da diversidade e inclusão. E, então, lançou a #QueCheiroTem, uma iniciativa de acessibilidade olfativa.

Idealizada pela agência W3haus, faz parte da Diversidade Sensorial, um dos quatro pilares de atuação do Centro de Pesquisa do Olfato, área recém-anunciada pelo Grupo Boticário dedicada ao estudo do sentido. Por meio do desenvolvimento tecnológico e científico, tem como objetivo fomentar e difundir conhecimento em torno do tema.

A iniciativa #QueCheiroTem adota o recurso de legenda para acessibilidade olfativa nas redes sociais com descrições que ajudam os seguidores da marca a “sentir” as fragrâncias por meio das redes sociais. “Notamos que se tratava de uma dor da comunidade em entender a fragrância que estamos falando e identificamos que isso seria um recurso simples, mas efetivo, e que quebra barreiras da comunicação. Com isso, queremos inspirar outras empresas a também serem cada vez mais inclusivas”, explica Renata Gomide, diretora de marketing do Grupo Boticário.

A novidade começou com a campanha do Natal 2021, que trouxe a reconexão por meio da memória olfativa tendo como ponto de partida o olfato, o sentido mais complexo do corpo humano, capaz de evocar memórias e emoções.

Agora, todos os conteúdos em redes sociais de O Boticário passam a ter uma descrição das fragrâncias dos produtos apresentados. A #QueCheiroTem traz informações sobre ingredientes, notas, famílias olfativas, imagens, situações e sensações associadas às fragrâncias, de forma que o entendimento seja acessível através de uma linguagem fácil e menos técnica. Assim, é possível imaginar e sentir, mesmo que no celular.

@oboticario

Foto: Divulgação

 

Sobre o Autor

Alma Baiana

Alma Baiana

O que acontece de interessante na Bahia: cultura, sociedade, arquitetura, decoração, gastronomia, moda, entretenimento e muito mais!

1 comentário

Faça um comentário