Alma News

Tanajura Gin vai apoiar o Festival Gastronômico de Morro de São Paulo & Boipeba

Alma Baiana
Escrito por Alma Baiana

A fórmula baiana bem caseira do Tanajura Gin deu certo. Produzida com sucesso, através da mistura de insumos do dendê e cacau com a base do zimbro, a marca será uma das apoiadoras do Festival Gastronômico de Morro de São Paulo & Boipeba 2021, que acontece de 15 a 31 de outubro. O evento vai contar com a participação dos restaurantes locais, que oferecerão uma carta especial de bebidas com destaque para os drinks especiais criados pela Tanajura. O gin baiano também promoverá degustações durante o festival.

As empresárias Érica Tanajura e Débora Borges, fãs de gin, conseguiram colocar a Bahia dentro da garrafa a partir de experimentações caseiras com destilados. A peculiar mistura de insumos botânicos em sua fórmula agradou de imediato o consumidor que busca uma experiência única.

Lançado em 2019, o Tanajura Gin vem conquistando cada vez mais o mercado baiano. Ao atestar a sua qualidade, o Almacen Pepe (Pituba e Horto Florestal) e o Eataly (São Paulo) foram alguns dos estabelecimentos que abriram espaço em seus corners de destilados para comercializarem o produto. A bebida também já pode ser encontrada em importantes pontos de vendas, como Casa Dez, Chez Cohen, Latturga, Empório Du Porto e o restaurante Casa de Tereza.

Produzido na própria destilaria, em uma fazenda em Camamu, na Costa do Dendê, o gin tem a história da cultura baiana e sua essência como diferenciais em relação a outros produtos nacionais lançados nos últimos anos. A partir de um pequeno alambique, comprado em Portugal, as empresárias baianas chegaram à fórmula ideal após estudarem as possibilidades de misturas entre os insumos mais fortes, como dendê e cacau, sempre mantendo o zimbro como base.

A produção caseira deu o pontapé inicial na história do Tanajura Gin, atualmente com 20 mil litros mensais. A partir de uma pesquisa de mercado, a marca planeja a expansão, em curto e médio prazo, para uma produção de até 200 mil litros, ampliando também a distribuição para o mercado baiano e nacional.

Imagem: reprodução

Sobre o Autor

Alma Baiana

Alma Baiana

O que acontece de interessante na Bahia: cultura, sociedade, arquitetura, decoração, gastronomia, moda, entretenimento e muito mais!

Faça um comentário